Ir para o Conteúdo

Candelária, 23 de Novembro de 2017


Início do Conteúdo

Notícias

Paulo Butzge participa de sessão na Câmara
07 de Novembro de 2017

Paulo Butzge participa de sessão na Câmara
Prefeito explanou a respeito do Plano Plurianual
O prefeito de Candelária, Paulo Butzge,  participou  na ultima segunda-feira, 06,  da Sessão  Ordinária  do Legislativo Municipal, onde se manifestou a respeito do Plano Plurianual, projeto esse entregue para apreciação dos vereadores na ultima sexta-feira, 01.
Em seu discurso, o prefeito lembrou as dificuldades  que passa o país, onde indicadores demonstram que efetivamente o país carece de muito planejamento, austeridade e conjugação de esforços de todos os brasileiros. E, conforme  Butzge destacou,  em Candelária não é diferente, explicando que através de sua equipe no executivo municipal, tem dedicado  muitas horas, dias e meses de planejamento, quando tem se dedicado em prol de Candelária, unidos e sem medir esforços, já que quando os indicadores da economia dão conta que no ano de 2016 houve uma queda aproximada de 4% na arrecadção, PIB negativo de 4%, e vimos o município de Candelária com indicadores positivos, realmente é algo que deve orgulhar não somente o poder publico mas a todos os cidadãos candelarienses. E isso é fruto do trabalho da população e do poder publico, exemplo que deveria ser adotado pelo estado e pela união,  pois  acredita que é isso que o país precisa e merece.
 
Paulo cobrou austeridade dos que detém o poder, lembrando que essas pessoas nos cargos são passageiras, mas os seus atos permanecem, deixando benefícios para o futuro ou prejuízos, caso não se tome medidas positivas. O prefeito enalteceu que agora é o momento de fazermos a nossa parte, dizendo-se sabedor que não irá resolver o s problemas do país, mas que estamos fazendo  a nossa parte, contribuindo para que o país volte  a ocupar lugar de destaque, e em Candelária, tomamos medidas de austeridade cortando na própria carne, exonerando secretários e cargos de confiança, mesmo que isso signifique uma sobrecarga aos que ficaram, mesmo que será por um período, mas estamos fazendo a nossa parte, cortando os gastos, fazendo o necessário para que o município continue a crescer como vem ocorrendo nos últimos anos.
Paulo destacou que o Plano Plurianual, é justamente o planejamento para o futuro do nosso município, e por isso encaminhou através de Projeto de Lei ao legislativo o documento apropriado, ou seja, o PPA do município de Candelária para 2018 a 2021, contemplando quatro eixos; desenvolvimento social; desenvolvimento econômico; infra-estrutura e mobilidade;  governança e gestão, e dentro destes quatro eixos temos subdividas todas as atividades realizadas pelo executivo.  Estamos com os “pés no chão” salientou Butzge, dizendo que não adianta sonhar e pensar em ações e atividades que sejam impossíveis de ser realizadas,  mas também não podemos  deixar de contemplar neste documento aquilo que entendemos ser necessário, importante e produtivo, que seja bom para o município.  Por isso foi realizado um amplo debate com a comunidade através de sete audiências publicas, ouvindo os anseios da população, onde mais de mil pessoas puderam se manifestar a respeito do futuro do município, dizendo as suas prioridades, sendo esses anseios catalogados e que  fazem parte do PPA.
 Butzge ainda exaltou que num momento onde a crise é tão intensa,  como contemplar todos  esses pedidos que as comunidades tem?  O prefeito explica que uma ampla equipe técnica começou a fazer um comparativo entre a necessidade e a possibilidade. Necessidade seria a vontade da população  e seus anseios, e a possibilidade seria o setor financeiro  fazendo um equilíbrio entre a vontade e a possibilidade, tentando vislumbrar o quanto será a arrecadação do município nos próximos anos. E para tanto, o PPA vem de uma forma muito completa e  equilibrada, entre a necessidade e a possibilidade, semelhante aos nossos lares, onde a família tem projeções,  planejamento e vontades, mas muitas vezes se depara com situação  financeira que não lhe permite realizar essas vontades, tendo que eleger prioridades. Assim é o PPA, que precisa contemplar tudo que for possível pensar em realizar, não podendo  permitir o equivoco de não prever no PPA qualquer que seja a ação que o município tenha intenção ou a possibilidade de realizar no futuro, senão  fica totalmente inviabilizada, a menos que sofra alguma alteração futura, mas toda alteração trará no seu bojo uma  série de reflexos.
O prefeito lembrou aos legisladores, que  este projeto de lei que foi encaminhado, possui uma previsão de arrecadação , uma necessidade de arrecadação para contemplar todo o projeto elaborado, mas que os legisladores  irão se deparar com cifras diferentes,  obviamente que nosso PPA foi elaborado em termos de anseios, vontades, planejamento, na ordem aproximada de R$ 450 milhões, para os próximos quatro anos, mas ao analisarem  irão perceber que temos uma perspectiva de arrecadação menor para os próximos quatro anos, portanto, temos a difícil  missão de aumentar a nossa arrecadação ou diminuir a nossa despesa.  Mas justamente para que possamos aumentar a nossa arrecadação, o próprio PPA traz algumas alternativas viáveis,  pois acreditamos no aumento no numero de empregos, pois toda e qualquer empresa que venha se estabelecer em Candelária, ou que amplie  a sua área de atuação gerando mais empregos e mais rendas, automaticamente  acaba gerando mais impostos, e isso está contemplado no PPA.  Também está contemplado o desenvolvimento do nosso setor agrícola, que é muito forte,  o qual já foi aprovado aqui nesta casa, uma legislação exclusiva ao fomento agrícola, e com essas ações fomentar a geração de riquezas no município e consequentemente a geração de impostos e tributos.
Depois de argumentar por mais de 20 minutos, o prefeito colocou a disposição  os técnicos do executivo municipal para dirimir qualquer duvida, e pediu  a aprovação deste importante projeto. 
 
Erni Bender
Assessor de Imprensa
imprensa@candelaria.rs.gov.br
Foto Jardel Rauber







+ notícias