Ir para o Conteúdo

Candelária, 22 de Maio de 2024


Início do Conteúdo

Notícias

Jovens farão juramento a Bandeira
11 de Julho de 2017

Jovens farão juramento a Bandeira
Agenda marca juramento para dia 27 do corrente
No próximo dia 27 de julho, às 09 horas, acontece a cerimônia de juramento a Bandeira de jovens que irão receber o Certificado de Dispensa do Serviço Militar, classe 1998 e anos anteriores que ainda não fizeram o juramento a Bandeira. A cerimônia será realizada na Rua Coberta, diferentemente de outros anos onde era realizada no coreto da Praça Alberto Blanchardt da Silveira, e contará com a presença do prefeito de Candelária, Paulo Roberto Butzge e autoridades militares.  
Tradicionalmente, a Banda Marcial da 6ª Brigada de Santa Maria regida pelo Mestre Jorge faz uma bela apresentação, momento que costuma atrair grande parte da população, além dos jovens dispensados, e desta fez não será diferente, já está confirmada a presença da destacada banda.  
A solenidade de Juramento a Bandeira, tem a finalidade de conferir aos dispensados do serviço militar o compromisso com a Pátria, os quais a nação poderá recorrer em caso de necessidade. Dependendo da situação, (guerra por exemplo), esses jovens podem ser engajados para defender os interesses da Pátria.
Outro detalhe de grande importância segundo a secretária da Junta Militar de Candelária, Elizabeth Martins Becker, diz respeito aos Certificados de Dispensa de Incorporação – CDI, de classes anteriores que não juraram a Bandeira e  que ainda não foram retirados. A secretária solicita o “comparecimento sob pena de ter que refazer todo o processo novamente, já que os mesmos serão incinerados, pois  estão a disposição há mais de 90 dias, e partir de agora, documentos que não forem retirados no período de 90 dias terão esse destino, assim como as segundas vias de documentos que não foram retirados”, explicou a secretária apelando aos que tem documentos para retirar na junta de serviço Militar de Candelária, que o façam o quanto antes.
 
Na foto a Secretária da Junta, Elizabeth, ao centro Chefe do PRM Ten. Clóvis, a esquerda Ten Gritzenco e Ten Montana

Foto Erni Bender
 








+ notícias